sábado, 17 de novembro de 2012

Alfredo na escola!

Quando eu era apenas um moleque de calças curtas, um dos meus passatempos prediletos era ler gibis. Ou revistas em quadrinhos, pros mais novos que não conhecem este termo. Passava horas às voltas com as aventuras daqueles personagens e seus mundos de fantasia, e eles me ajudaram a aprender a ler, a desenvolver um vocabulário mais rico e a descobrir muito sobre o mundo em que vivemos. Nessa época eu nem imaginava que minha relação com os quadrinhos um dia iria além do mero entretenimento.

Alfredo, o vampiro na visão das crianças!

E, desde que comecei a trabalhar com esta mídia profissionalmente, mais enxergo seu potencial e defendo o seu uso como ferramenta educativa lúdica e de fácil assimilação, não só pelos mais jovens, mas também por pessoas de todas as idades. Por isso fiquei entusiasmado quando a professora de artes cênicas Maria Fernanda Lamim propôs que desenvolvêssemos um projeto educativo usando as tirinhas do meu personagem Alfredo, o vampiro como ferramenta de ensino.

O tema a ser desenvolvido era o aquecimento global. A pedido da professora produzi duas tirinhas com o tema (aqui, e aqui) e elas foram usadas em sala de aula para debater o assunto. Como parte da atividade as crianças puderam criar seus próprios quadrinhos com o vampirinho e desenvolveram uma pequena peça encenando a história das tiras que criei. A atividade incluía um encontro com o autor das tiras, e ao final fui a Escola Municipal João de Camargo, em São Cristóvão-RJ, para assistir a peça e responder às perguntas das crianças. Tudo devidamente organizado pela professora.

Adaptando as tirinhas do Alfredo para a linguagem do teatro.

Alfredo e Bro interpretados pelos alunos. 

Agradecimento ao público.

Foi muito legal ver o esforço deles em montar e encenar a apresentação, e a importância dada ao fato do autor estar presente para assisti-los. Respondi às perguntas dos pequenos, que estavam bem curiosos sobre o ofício, e falei a eles um pouco sobre o meu trabalho. Ninguém dá tanto valor a um quadrinista quanto uma criança!

Respondendo às perguntas das crianças.

As perguntas foram previamente escolhidas pelas crianças em sala de aula.

No fim, como era aniversário da instituição, fui convidado pela diretora para falar algumas palavras para todos os alunos da escola. Tentei ressaltar para eles a importância da leitura em suas vidas e a necessidade de se preservar o meio ambiente.  Espero ter conseguido passar um pouco da mensagem.

Eu e a professora Lamim falando sobre o projeto.

Agradeço aqui à professora Lamim, à direção e aos funcionários da escola, pela recepção e oportunidade. E aos alunos, que receberam este humilde quadrinista super bem. Em especial ao simpático garotinho que me pediu para voltar mais vezes...:)


Até a próxima!

2 comentários: